menu
       
   

Siga-nos no

10.º Aniversário

GUERRA E PAZ, 10 ANOS: PORQUE É PRECISO VIRAR A PÁGINA

A Guerra e Paz fez 10 anos. Foi um caminho de pequenos dramas, também de alguns episódios divertidos. Mas foi, sobretudo, um caminho de dedicação de muitas pessoas e entidades a que queremos agradecer:
Aos nossos queridos accionistas presentes e passados, em especial a António Parente, Pedro Henriques, António Palma e Abílio Nunes;
Aos nossos autores, os melhores, os mais brilhantes autores do mundo;
Aos trabalhadores, designers gráficos, assistentes editoriais, editores, comerciais, assistentes de comunicação, administrativos e financeiros, que passaram por esta casa;
Aos nossos tradutores, em especial ao Rui Santana Brito; aos nossos revisores, em especial ao Helder Guégués; a Fátima de Oliveira Esteves, pela acuidade da assistência jurídica que nos presta;
Às entidades financeiras com que trabalhamos, a Caixa Geral de Depósitos, Millennium Bcp, Deutsche Bank e Banco Popular, bem como ao nosso técnico oficial de contas, Rodrigo Santos, e ao nosso ROC, a Pkf, em especial a Célia Custódio e Mónica Adrião;
À VASP, nossa inovadora e fantástica distribuidora, e aos livreiros que expõem os nossos livros, aos grandes grupos e aos livreiros independentes, papelarias e quiosques, pelo trabalho e entrega diários à causa da leitura, do livro e da cultura;
À SIC, pela magnífica colaboração na parceria que mantemos no Clube do Livro SIC;
À Jazz por alargar os nossos horizontes e levar os nossos livros para Angola e Moçambique
À Publito, de Braga, gráfica que fez os maravilhosos dois últimos livros de Fernando Pessoa, por 10 anos de persistente colaboração. À ACD Print, de Lisboa, que tem feito connosco tantos trabalhos apurados.
À toda a Imprensa que nos divulga, nos critica e nos aplaude.
Aos leitores que nos lêem e são a nossa razão de existir.

E nós somos:
José Cardoso
Carla Castela
André Morgado
Vânia Custódio
Américo Araújo
Ilídio Vasco
Manuel S. Fonseca.
voltar  Voltar